http://posgraduacaonobre.com.br/

http://posgraduacaonobre.com.br/nossos-cursos/

Ingresso para docência do Ensino Superior

 

Durante o curso, o estudante que busca o aprimoramento para atuação como docente do ensino superior poderá optar por se matricular no módulo especial “Metodologia do Ensino Superior”, o qual abordará a postura e a prática docentes, no contexto macro da universidade e no espaço da sala de aula. Dessa forma, o foco desta disciplina é a orientação didática, o planejamento e a avaliação da forma como se disponibilizam as informações aos alunos, para que eles possam, a partir delas, construir/reconstruir o seu conhecimento.

O estudante que optar em cursar esta disciplina, será acrescido à titulação a expressão “com ênfase em Metodologia do Ensino Superior”, e as disciplinas serão cobradas a parte.

O GRUPO NOBRE EDUCAÇÃO

Home / Institucional / O Grupo Nobre Educação

Grupo Nobre de Educação atua há mais de 30 anos em Feira de Santana, na Bahia, e tem como meta educar e desenvolver cidadãos e profissionais, com elevado potencial de inserção no mercado de trabalho e flexível às mudanças por que passa a sociedade brasileira, buscando desenvolver nessas pessoas o espírito empreendedor, público, crítico e comprometido, além de incentivar o trabalho de pesquisa e investigação, promover a divulgação dos conhecimentos e suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento.

Em percurso de permanente avanço, o Grupo Nobre mantém sua tradição de mais de 30 anos atuando no contexto educacional. Dispõe de diferenciada Infraestrutura Física, Técnica e Tecnológica credenciando-se como Faculdades de excelência, garantindo suas possibilidades de expansão, investindo em corpo diretivo qualificado, experiente e bem articulado com as coordenações, docentes e discentes, gerando Plano de Desenvolvimento Institucional e Projetos Pedagógicos arrojados, com envolvimento e cumplicidade da comunidade acadêmica.

Dispõe de mais de 90% de Mestres e Doutores no seu quadro de professores, sendo mais de 40% de doutores! Grande diferencial dentre todas as faculdades e universidades particulares baianas!

As duas melhores Instituições de Ensino Superior da Bahia (FAN e UNEF) se uniram para oferecer um programa de Pós-Graduação que lhe prepare para enfrentar e vencer todos os desafios do mercado, com competência para ocupar os melhores cargos e posições em sua carreira profissional.

Afinal de contas, vivemos em um mundo globalizado, aonde a velocidade das informações e acontecimentos exigem uma atuação mais rápida e prática. Independente do tempo de atuação profissional o constante desenvolvimento é imprescindível para uma carreira promissora.

Para alimentar o profissional de informação, conhecimento e ideias inovadoras, o programa de Pós-Graduação do Grupo Nobre oferece cursos de especialização nas áreas de Gestão, Saúde, Jurídica, Engenharia, Comunicação e Criatividade aliando a tradição e as mais novas práticas do mercado, preparando assim os profissionais para desafios do mundo contemporâneo.

Os cursos tem duração de 18 meses, e tem como objetivo aprofundar seus conhecimentos na área, colocar em prática o que foi aprendido e aproximar-se das tendências do mercado.

A PÓS NOBRE conta com uma equipe de coordenadores e professores, mestres e doutores, com grande experiência profissional, trazendo a realidade prática de cada área para dentro da sala de aula. Além disso, os cursos dispõem de experiências realísticas em empresas, obras, escritórios, clínicas e hospitais enriquecendo o conhecimento e o network.

Reconhecidas pela credibilidade, por ser destaque no RUF (Ranque Universitário Folha de São Paulo), no Guia do Estudante (Editora Abril) e ter os excelentes conceitos no MEC, a FAN e a UNEF dispõe da melhor e maior estrutura em laboratórios, unindo tecnologia e inovação para promover uma educação diferenciada.

Faça Pós-Graduação do Grupo Nobre. Você pode ser o profissional que o mercado precisa.

http://posgraduacaonobre.com.br/

 

Transtornos mentais: problemas de saúde mais comuns do que se imagina

Atualmente, no decorrer do cotidiano, a população sempre procura cumprir suas tarefas diárias, muitas vezes sem se preocupar com a saúde física e mental. E hoje, 10 de outubro, é um bom momento para refletir sobre o Dia Mundial da Saúde Mental.

Pensando nisso, o jornalista Diego Tenutti conversou com a psicóloga e gerente da Divisão de Saúde Mental da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Kariny Costa Gonçalves.

Confira, abaixo, o bate-papo sobre sintomas e tratamentos de transtornos metais:

Quais os primeiros sintomas do transtorno mental?

Quando as pessoas começam a vivenciar diariamente uma série de emoções, variando entre a alegria, conflitos, amor, perturbações, satisfação, frustração, insônia ou excesso de sono, esses podem ser os primeiros sintomas de algum transtorno mental. Geralmente, os transtornos são extremamente difíceis de ser detectados sem a ajuda de um profissional da saúde.

Os transtornos mentais mais comuns para sociedade são aqueles que estão relacionados ao humor. A depressão, o transtorno de ansiedade, a síndrome do pânico e os transtornos psicóticos são considerados os mais graves.

Como as outras pessoas podem identificar que seu amigo ou familiar está sofrendo com doenças relacionadas à saúde mental?

Como exemplo, o primeiro sinal que facilita na identificação desses transtornos mentais é a mudança repentina em seus hábitos diários, fazendo com que a pessoa fique mais agitada, agressiva, e não sinta mais vontade de sair de casa.

Quais os motivos que levam as pessoas a não procurarem um profissional da saúde para falar sobre a doença?

As pessoas sentem medo de procurar algum profissional da saúde ou até mesmo um amigo para conversar sobre problemas de saúde mental, com medo de receber represália ou serem motivos de piada para os outros. Por isso, muitas pessoas preferem se esconder ou se isolar da sociedade. Primeiramente, devemos combater o preconceito, fazendo com que a sociedade entenda que transtorno mental é, sim, uma doença que deve e pode ser tratada.

Onde a sociedade pode buscar atendimento?

As pessoas que perceberem que estão sofrendo algum tipo de doença relacionada à saúde mental podem procurar as unidades básicas de saúde dos municípios, aquelas mais próximas de sua casa, onde receberão os primeiros atendimentos e encaminhamentos para profissionais especializados.

Quais os principais tratamentos oferecidos pelo SUS?

São vários os tipos de tratamentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde [SUS]. Entre eles estão o tratamento medicamentoso, o atendimento psicológico e as oficinas terapêuticas, nas quais são realizadas atividades que estimulam a criatividade do paciente.

Para os casos de pacientes considerados em estágios leve e moderado, o tratamento é realizado nas unidades básicas de saúde. Já aqueles que estão em estado mais grave serão encaminhados ao Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac), aqui em Rio Branco. Os moradores de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Epitaciolândia e Brasileia devem procurar o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), que é uma unidade de saúde especializada para tratar pessoas com transtornos mentais.

Quais hábitos podem conservar e melhorar a nossa saúde mental?

Priorizar a nós mesmos, a saúde, cuidando da alimentação, praticando exercícios físicos, sair com os amigos, aproveitar mais os programas em família e cuidar do lado espiritual, cada um à sua forma. De maneira resumida, essa é uma ótima receita para começarmos a cuidar melhor de nossa saúde mental.

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre

Vereadores discutem ampliação no atendimento em saúde mental em Teresina

Câmara Municipal de Teresina vai realizar, na terça-feira (13), a partir das 10h, uma audiência pública para discutir a necessidade de ampliação no atendimento em saúde mental na capital. A audiência foi proposta pela vereadora Teresa Britto (PV).

De acordo com o que preconiza o Ministério da Saúde, a quantidade de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) – que oferecem atendimento assistencial e clínico para pessoas com algum tipo de transtorno mental ou dependência química – deve ser proporcional ao número de habitantes do município. Segundo a vereadora Teresa Britto, a quantidade de vagas oferecidas para esse público não atende a demanda da capital.

“O que propomos nessa audiência pública é a necessidade urgente de se enfrentar o problema e chamamos atenção para que a Prefeitura de Teresina volte o olhar para essa situação e tome como prioridade de investimentos”, afirma.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 450 milhões de pessoas no mundo sofrem ou sofrerão de problemas mentais, neurológicos ou comportamentais. Entre crianças e adolescentes, o número sobe para 20% da população. Outro dado da OMS demonstra o risco que correm os portadores: cerca de 800 mil pessoas suicidam-se todos os anos. As doenças mentais são uma das principais causas tratáveis de suicídio.

“Dados do Mapa da Violência apontam que Teresina está entre as cinco capitais com a maior taxa de suicídios entre a população jovem. Dessa forma, essa audiência pública é de suma importância, visto que vamos discutir mecanismos viáveis de atendimento aos casos de saúde mental, além de cobrar do Executivo a criação de novas unidades de atendimento”, conclui.

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre

A 10 de Outubro de 2015, juntamo-nos ao resto do mundo na comemoração do Dia Mundial da Saúde Mental, sob o tema “Dignidade na Saúde Mental”.

Este assunto lembra a necessidade crucial de garantir que a dignidade seja preservada em todos os aspectos da saúde mental, desde os cuidados prestados aos doentes até às atitudes do público em geral.
Na Região Africana estima-se que uma em cada seis pessoas sofre de algum tipo de perturbação mental. Infelizmente, no decorrer do tratamento, alguns pacientes são submetidos a um tratamento indigno, por exemplo acorrentados a árvores ou camas, fechados numa jaula, deixados sem alimentos durante muitas horas, privados de apoio familiar e sem higiene pessoal adequada.
Ao lidar com a sua doença, os pacientes de saúde mental merecem respeito e compaixão, como se deve àqueles que sofrem de qualquer outra doença.
Alguns países da Região Africana têm aplicado uma série de medidas para melhorarem a sensibilização, restaurarem a dignidade e darem acesso aos serviços de saúde mental a todos os níveis do sistema de saúde.
Isto inclui a revisão da sua legislação sobre saúde mental, a fim de se protegerem os direitos e a dignidade das pessoas afectadas por esta doença.
Apesar destas medidas, a promoção de uma boa saúde mental e a compreensão dos desafios que esta coloca, assim como a detecção precoce, o tratamento e a dignidade para os doentes ainda constituem uma preocupação em muitos países da Região.
Além disso, ainda há uma grande falta de pessoal treinado e motivado na área da saúde mental e da psiquiatria.
Reconhecendo a necessidade de acções que respondam às necessidades da saúde mental, a Organização Mundial de Saúde (OMS), através do seu Programa de Acção para Reduzir as Lacunas em Saúde Mental (mhGAP), apoia os países na melhoria da qualidade de vida e do bem-estar das pessoas que sofrem de perturbações de saúde mental.
Ao comemorarmos o Dia Mundial da Saúde Mental, faço um apelo aos governos e parceiros no sentido de melhorarem a saúde mental, combatendo a discriminação através de iniciativas individuais e comunitárias, assim como o apoio aos programas nacionais, políticas e medidas legislativas.
Uma intensificação do apoio dos parceiros, da sociedade civil, dos doadores e o reforço da capacidade dos prestadores de cuidados de saúde contribuirão imensamente para a resolução deste problema crescente nas comunidades e na Região.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) está empenhada em continuar a trabalhar e a apoiar todos os governos e partes interessadas, fornecendo o apoio técnico necessário para enfrentar e restaurar a dignidade na saúde mental.

(*) Médica, Directora Regional da Organização Mundial de Saúde (OMS) para África

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre

Caps atende mais de 7 mil pessoas com transtornos mentais no Juruá

Fundado há 10 anos em Cruzeiro do Sul, distante 648 quilômetros de Rio Branco, o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Náuas atende mais de 7 mil pessoas com transtornos mentais na região do Juruá, segundo a gerência. E para celebrar o Dia Mundial da Saúde Mental, comemorado no sábado (10),  o centro realizou um evento de conscientização na Praça Orleir Cameli. O evento contou com oficina de máscaras, exposição de fotografias e apresentação de teatro.

A gerente, Cristina Messias, falou da importância de conscientizar sobre transtornos mentais e também relembrou os principais avanços governamentais no reconhecimento dessas doenças.

“Estamos comemorando o Dia Mundial da Saúde Mental e 25 anos da declaração de Caracas [documento que marca as reformas na atenção à saúde mental nas Américas], quando onde os governantes se comprometeram a mudar o modelo assistencial que existia, passando para o cuidado em liberdade, inclusão social e familiar. Hoje tivemos aqui, usuários, parceiros e profissionais”, destacou.

O Caps faz atendimento individual e em grupo. O centro oferece oficinas e alternativas para as pessoas com transtornos mentais. O médico psiquiatra, Henrique Boechat, que trabalha no Caps desde 2008, diz que nesses últimos 25 anos o doente mental passou a ter uma melhor qualidade de vida.

“No mundo inteiro se comemora essa data, pois ela modificou a maneira de cuidar da saúde mental. Tratando as pessoas com transtornos mentais de maneira mais humana, sem discriminação, pois são pessoas que já vivem em sofrimento. Agora são tratadas como gente, como pessoa humana e participam da vida social. Com isso, elas se sentem mais cuidadas e amadas, passando a ter melhor convívio com as famílias e a sociedade”, pontuou.

Remilson Rodrigues da Silva, de 38 anos, faz acompanhamento no Caps há algum tempo. Para ele, o atendimento no centro o ajuda a lidar com os problemas familiares e sociais que tem enfrentado desde a morte da mãe. “Perdi minha mãe aos 13 anos, sinto-me afastado dos meus irmão e meu pai vive com outra família. Moro só e sinto que no Caps sou bem recebido, gosto de ir para lá cuida da horta e conversar com as pessoas”, conta.

Caps
A reforma do sistema psiquiátrico brasileiro criou os Caps e tenta ainda minimizar as internações psiquiátricas. A ideia é que a hospitalização seja realizada apenas em casos graves, ao contrário do que ocorria antes, quando os manicômios eram uma das poucas opções para quem sofria de doenças mentais.

Programação marcou Dia da Saúde Mental em Cruzeiro do Sul  (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre

Governo investe em ações de Saúde Mental

No dia 10 de outubro é celebrado o Dia Mundial da Saúde Mental. Segundo a Organização Mundial de Saúde(OMS), estimam-se que 400 milhões de pessoas sofrem com algum tipo de transtorno mental, neurológico ou outros tipos de problemas relacionados ao abuso de álcool e outras drogas.

O Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, desenvolve uma série de ações para melhorar a qualidade de vida dos portadores de doenças mentais, bem como de seus familiares e das pessoas ao seu redor

Dentre as ações que estão desenvolvidas, destaca-se a organização da Rede de Atenção Psicossocial(RAPS). “Nosso objetivo é acolher as pessoas com transtorno mental e dar-lhes um tratamento com qualidade “, explica Gisele Martins, gerente de Saúde Mental da Secretaria de Estado da Saúde.

Atualmente, o Estado do Piauí possuí 62 Centros de Apoio Psicossocial(CAPS), um hospital de referência, o Areolino de Abreu, em Teresina, além de implementação de leitos psicossociais na rede hospitalar. Outra ação é a qualificação de equipes no sistema prisional do Estado.

O atendimento às crianças com algum transtorno mental também ganhou reforço, com a implantação da sede própria do CAPS i – Infanto Juvenil, que atende na zona norte de Teresina e tem capacidade para até 45 consultas dias, com equipe multiprofissional.

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre

A Casa de Saúde S. João de Deus, do Funchal, organizou as suas 7ªs Jornadas de Saúde Mental e Psiquiatria, iniciativa que decorreu ontem e hoje no auditório Bento Menni, “dando assim continuidade a um caminho de formação, reflexão, partilha de experiências e consequente efetividade interventiva, há muito trilhada pela instituição na continuada pesquisa, investigação e procura de respostas de excelência”, salienta Manuel Freitas, director de Enfermagem e da Comissão Organizadora.

“Este evento científico teve como lema ‘Saúde Mental: Um Futuro Presente'”, no qual os vários interventores e palestrantes foram levados a abordar e a debater vários temas da área médica. “Numa coerência em que somos impelidos a pensar, por um lado sobre os fatores determinantes da doença mental e, por outro, sobre as componentes que consubstanciam as melhores respostas e melhores práticas disponibilizadas em saúde mental, a acessibilidade aos serviços, a interligação e a imprescindível continuidade de cuidados, numa lógica de parceria e trabalho em rede, em função de necessidades e expectativas conhecidas pelos profissionais de saúde, percepcionadas e sentidas pelo cliente como sendo as de que realmente necessita”, frisa o técnico.

Asssim, em jeito de balanço do muito que foi debatido, Manuel Freitas frisa que se “pretendeu e, acreditamos, que contribuiu para uma reflexão alargada, aberta e transversalmente e participada ao nível dos profissionais de saúde, da área social, educativa, familiares, governação, acerca das problemáticas próprias à saúde mental, das suas dificuldades, ambições e anseios, nomeadamente das repercussões muito vividas pelas pessoas portadoras de distúrbios mentais ao nível pessoal, suas famílias, ao nível social, laboral, das instituições que operam nesta área, relacionamentos institucionais, parcerias e trabalho em rede”, reforça a ideia.

Saliente-se que o evento foi intensionalmente associado ao Dia Mundial da Saúde Mental, cuja premissa é “ Dignidade em Saúde Mental”, visando, “um claro investimento nas suas componentes, sejam a da dignidade humana externa, que se reporta à prestação de cuidados individualizados e com os recursos físicos adequados, a da dignidade pessoal interna, que diz respeito ao envolvimento e participação da pessoa no seu plano terapêutico, e a da dignidade universal que reflecte a forma como nós sociedade tratamos as pessoas portadoras de doença mental, onde muito há a fazer no combate ao estigma e exclusão social”.

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre

Em São Paulo, uso de remédios tarja preta cresce 52% em 4 anos

Em São Paulo, uso de remédios tarja preta cresce 52% em 4 anos
“Hoje as pessoas percebem cada vez mais que a depressão é uma doença como qualquer outra e precisa de tratamento” (Foto: Wikipedia)

O número de pessoas que compra antidepressivos, antipsicóticos e ansiolíticos na rede municipal de farmácias em São Paulo cresceu 47% nos últimos quatro anos. De 592,8 mil pessoas em 2010, passou para 874,4 mil em 2014, somando 281,6 mil novos consumidores de medicamentos tarja preta. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os moradores da capital paulista consumiram 166,8 milhões de comprimidos para transtornos psiquiátricos no ano passado, 52% a mais do que em 2010.

A prefeitura prevê um registro recorde no consumo do medicamento em 2015. De 1º de janeiro a 30 de setembro deste ano, 4718 mil pessoas retiraram antidepressivos nas farmácias municipais. Em segundo lugar estão os ansiolíticos, que ajudam a reduzir a ansiedade: são 203,3 mil usuários. Os usuários de antipsicóticos somam 130,7 mil, tratando de transtornos que causam alucinações, como a esquizofrenia.

Na opinião de Anderson Sousa Martins da Silva, psiquiatra da rede de saúde pública de São Paulo, um dos motivos para o aumento do uso de medicamentos tarja preta é a diminuição do preconceito em relação aos transtornos psiquiátricos, o que estimula mais pessoas a procurar ajuda. “Hoje as pessoas percebem cada vez mais que a depressão é uma doença como qualquer outra e precisa de tratamento”, diz. “Muitas vezes a pessoa associa um quadro de depressão a um evento-gatilho, como a morte de alguém ou uma separação, mas também é comum o problema aparecer sem uma motivação aparente, após anos de pressão e estresse crônico no trabalho, por exemplo”, afirma Silva.

O professor do Departamento de Psiquiatria da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Jair de Jesus Mari afirma que os números da Secretaria Municipal da Saúde desmentem o mito de que depressão é “doença de rico”. “As classes mais probres têm risco maior pela própria condição precária de vida, dificuldades financeiras, baixo acesso ao lazer e violência”.

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre

O que significa ser normal?

O que é ser normal? Será que existe consenso sobre isso, cientificamente falando?

Essas são perguntas muito difíceis de se responder. De acordo com o médico psiquiatra Luiz Henrique Carneiro Alves, atuante na cidade do Rio de Janeiro, do ponto de vista científico, pesquisadores, psicólogos e psiquiatras focam seus estudos prioritariamente em transtornos mentais, embora exista um movimento que busca fortalecer os aspectos saudáveis das pessoas, ao invés de tratar o não saudável.

“Na prática clínica, prefiro falar em saudável/não saudável do que em normal/anormal. Partindo desse ponto, poderíamos definir por normal aquele que é saudável mentalmente”, explica.

Normalidade x patologia

“Quando me perguntam sobre normalidade, gosto sempre de relembrar do conceito matemático/estatístico do termo: normal é aquilo que está dentro da curva de Gauss (ou curva normal)”, conta.

A Distribuição de Gauss ou Gaussiana, primeiramente introduzida pelo matemático Abraham de Moivre, é inteiramente descrita por seus parâmetros de média e desvio padrão – ou seja, conhecendo-se estes valores, consegue-se determinar qualquer probabilidade em uma distribuição normal.

Segundo o Dr. Luiz, é assim que determinamos, por exemplo, os valores de referência dos exames laboratoriais. Porém, quando falamos de transtornos mentais, temos que tomar algum cuidado com essa conceituação para não classificarmos comportamentos anormais para uma cultura (como rezar virado para meca aqui no Brasil) como patológicos.

“Talvez aí esteja uma das diferenciações mais importantes: nem todo comportamento anormal (fora da curva) é necessariamente patológico”, esclarece.

O que é anormal?

O grande problema quando falamos de comportamento humano é que há um uso político e ideológico do conceito de normalidade que não tem nada a ver com o científico. Pertencer a tal religião ou ter tal orientação sexual pode ser considerado anormal em determinada região por questões ideológicas e doutrinárias, por exemplo, mas, mentalmente falando é muito mais complexo do que isso.

A última edição do Manual Diagnóstico Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5, na sigla em inglês), da Associação Americana de Psiquiatria, define transtorno mental como uma síndrome onde há perturbação da cognição, regulação emocional ou comportamento que reflete em disfunção do funcionamento mental, levando a sofrimento ou incapacidade que afetem as atividades sociais, profissionais, familiares etc.

“Por exemplo, uma resposta esperada ou aprovada culturalmente (como luto pela morte de um parente) não constitui transtorno mental, por mais que cause um prejuízo nas atividades do dia a dia”, diz o Dr. Luiz.

Da mesma forma, desvios sociais de comportamento (de natureza política, religiosa ou sexual) e conflitos referentes ao indivíduo e a sociedade não são transtornos, a menos que sejam resultantes de uma disfunção – como seria em um paciente esquizofrênico de família judaica que, dentro de seu funcionamento delirante, se convertesse ao islamismo ou cristianismo. Segundo o psiquiatra, caso isso não fosse resultado de sua autodeterminação, mas sim de um funcionamento psicótico, cientificamente falando, seria anormal.

Ser normal é ser aceito socialmente?

É claro que ser normal passa também, em parte, pelo que é aceito ou não socialmente. No entanto, o não aceito nem sempre significa que a pessoa tenha um transtorno mental.

Considere o seguinte: todos sabemos que não é socialmente aceitável andar despido pela rua, mas alguns transtornos podem comprometer o funcionamento do córtex frontal e fazer com que a pessoa apresente uma desinibição social. “Lógico que, quando tal comportamento é motivado por questões ideológicas ou artísticas, não o classificamos como anormal”, diz o Dr. Luiz.

Outro exemplo: uma pessoa que trabalha, se sustenta, mantém relações sociais e familiares sem prejuízo no dia a dia, e que frequente como médium um centro espírita onde ouve vozes que outros não podem ouvir não é necessariamente anormal.

“Do ponto de vista fenomenológico, nós classificaríamos isso como uma alucinação auditiva, porém essa pessoa não tem nenhum prejuízo em suas atividades diárias, mantém um funcionamento satisfatório e está inserido em um meio que aceita esse fenômeno como normal, logo não há transtorno mental”, explana o médico.

Mas…

Se uma pessoa repentinamente deixar de dormir, começar a apresentar um aceleramento da fala e do pensamento, comportar-se de maneira grandiosa dizendo que escuta mensagens enviadas somente a ela, pois é especial, esses comportamentos provavelmente vão afetar seu emprego, cuidados pessoais e de higiene.

“Neste segundo caso, vemos que há um conjunto de sinais e sintomas, uma porção de alterações do comportamento que comprometem o funcionamento individual e que quando compreendidos em conjunto formam um quadro clínico”, diferencia.

Então, quando pedir ajuda?

O primeiro grande marcador se alguém não está saudável mentalmente é o sofrimento ou dor psíquica, e o quanto isso lhe afeta no dia a dia. Por exemplo, se uma pessoa começa a ter insônia, prejuízos de atenção, memória ou cognição, dificuldade em sair de casa ou em estar com as pessoas, deve pensar em procurar ajuda profissional.

O Dr. Luiz exemplifica: “Sentir ansiedade ou tristeza é normal, mas não em níveis que tais sentimentos lhe paralisem ou reduzam seu desempenho. Ao ser convidado para apresentar uma aula, fico ansioso e essa ansiedade faz com que eu estude e me prepare para que tudo dê certo, logo é normal ou adaptativa. Agora, se essa ansiedade me faz ficar insone, desatento, com dores abdominais, palpitações, sudorese etc, devo procurar ajuda”.

De gênio e louco, todo mundo tem um pouco?

Segundo o psiquiatra, a ligação entre loucura ou transtornos mentais e genialidade é muitas vezes romantizada.

A esmagadora maioria dos portadores de transtornos mentais tem um prejuízo no seu despenho e muita dificuldade em se estabelecer na vida, o que inclui manter um emprego e relações sociais sadias.

“De fato há alguns quadros psiquiátricos que, por vezes, levam à alguma vantagem. Vemos isso nos casos dos Savants, portadores de autismo que tem uma habilidade única em determinada área do conhecimento (música, matemática, artes, história etc), a despeito do grande prejuízo de interação social”, diz.

Vários dos grandes nomes da história provavelmente estavam no que hoje é chamado de espectro do transtorno bipolar. “Costumo dizer que, para um homem no final do século XV procurar por três diferentes reis a fim de que lhe financiassem uma viagem rumo ao desconhecido, para atravessar um oceano nunca antes atravessado, não poderia ser muito ‘normal’”, brinca.

Esse tipo de arrojo é traço marcante do transtorno bipolar, bem como a grandiosidade de Napoleão, mas isso só em determinadas ocasiões é vantajoso.

Permanecer em um estado alterado (como a fase eufórica do transtorno bipolar) é na verdade neurotóxico. Estudos indicam que pacientes bipolares em episódios hipomaníacos tem produtividade mais baixa, então é mais provável que seja mais difícil para eles realizar grandes conquistas, do que mais fácil.

Em resumo…

Ser normal é ser capaz de manter a funcionalidade social, manter-se produtivo e autônomo, manter um equilíbrio de seus dramas e dores psíquicas sem causar deliberadamente sofrimento aos que estão ao seu entorno.

Vale lembrar que ser “meio esquisito” não é igual a ter um transtorno metal, ou a ser anormal.

“Todos nós temos, em maior ou menor grau, sofrimento psicológico. Todos temos nossas manias, nossas incompreensões, tristezas e angústias… E isso é perfeitamente normal. Se partirmos desta compreensão, todo mundo tem um pouquinho de ‘anormalidade’ ou sofrimento psíquico”, sugere o Dr. Luiz.

Saindo um pouco do escopo da psiquiatria, como já comentamos acima, a “normalidade” tem um lado ideológico e político também. Muitas coisas que são consideradas normais em determinado contexto ou época não são motivadas por definições científicas.

Talvez por isso a palavra seja tão controversa. Segundo o Dr. Luiz, você dificilmente verá o termo “normal” sendo usado em livros de psiquiatria, salvo quando se fala de sua acepção estatística.

Quem sabe isso não seja uma lição: a de que não devemos buscar ser “normais”, mas sim simplesmente saudáveis, mental e fisicamente.

ser normal 3

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre

Redes sociais aumentam depressões L

O diretor do Serviço de Psiquiatria do Hospital Gaia/Espinho afirmou esta segunda-feira que os casos depressivos que derivam da desilusão e da deceção causadas pelas expectativas defraudadas do mundo virtual, por oposição ao mundo real, estão a aumentar progressivamente. “Atualmente são cada vez mais frequentes episódios de ansiedade, depressão, stress, fenómenos de dependência e de desenvolvimento de novas perturbações, associadas ao uso das novas tecnologias e do fácil acesso a redes sociais”, sustentou Jorge Bouça, que falava a propósito das VIII Jornadas de Saúde Mental, sob o tema “A Psiquiatria e a Saúde Mental – Entre as Redes Neuronais e as Redes Sociais”. Organizado pelo Serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E), o encontro visa debater o impacto que as redes sociais e as novas tecnologias têm no comportamento das pessoas, assim como nas suas relações pessoais e em grupo. “A esfera digital e virtual tornou-se um catalisador de novas formas de voyeurismo e exibicionismo, acentuando efeitos de imitação de comportamentos autodestrutivos nas camadas mais jovens, como a automutilação e o suicídio”, afirmou o especialista. Fronteira entre vida privada e pública desaparece Segundo Jorge Bouça, a perda de fronteiras entre a vida privada e pública a que assistimos nas redes sociais, através da publicação de conteúdos e imagens íntimas, levanta questões éticas que serão debatidas nas Jornadas. Outros temas como a radicalização, a violência e o apelo a causas “purificadoras” como o Jihadismo serão também abordados. Nos dois dias do encontro “pretende-se refletir e lançar pistas sobre a interação entre a psiquiatria enquanto ciência médica, as emoções, o comportamento e o contexto social e humano onde se desenvolve o indivíduo”, sublinhou o psiquiatra. Ainda associado às mais recentes interações com a tecnologia, a forma como o nosso cérebro reage ao excesso de utilização das mesmas, impedindo o descanso e tornando-se causa inevitável de stresse, será também um dos pontos em análise, num momento em que os estudos científicos nesta área “ainda dão os primeiros passos”. A discussão alargar-se-á tematicamente, envolvendo um estudo efetuado por profissionais do CHVNG/E, onde se analisa a utilização de termos do campo lexical da saúde mental nos media portugueses, nomeadamente a incidência da palavra esquizofrenia, “que tem vindo a ser utilizada de forma depreciativa nos últimos 10 anos, levando a uma maior estigmatização quer do termo, quer da doença”, referiu Jorge Bouça.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/tecnologia/detalhe/redes_sociais_aumentam_depressoes.html

UNEF lança Edital Vestibular 2016.1 com mais 5 novos cursos

A UNEF está com inscrições abertas para o Vestibular 2016.1. O edital foi lançado nesta segunda-feira (14) com mais 5 novos cursos: Biomedicina, Design de Interiores, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Gestão Hospitalar

Outra novidade é que o candidato poderá ingressar tanto usando o resultado da avaliação do Exame Nacional de Ensino Média (ENEM) quanto pelo Processo Seletivo de prova escrita. Serão reservadas 50% das vagas para o ingresso pelo ENEM.

A prova será realizada na sede da Faculdade UNEF, no dia 22/11/2015 (domingo), das 9h às 13h. O portão estará aberto a partir das 8h. O interessado deve se inscrever até o dia 20/11/2015, das 08h30 às 12h30 e das 14 às 21h, na sede da Faculdade, na Avenida Luís Eduardo Magalhães, s/n, Subaé (ao lado do antigo Clube Cajueiro) ou através do site: www.unef.edu.br, também até o dia 20 de novembro.

Veja a lista de cursos e escolha o que mais combina com você:

Administração – Noturno
Arquitetura e Urbanismo – Matutino e Noturno
Biomedicina – Matutino e Noturno (novo)
Design de Interiores (Tecnológico) – Matutino (novo)
Engenharia Civil – Matutino e Noturno
Engenharia Elétrica – Matutino e Noturno (novo)
Engenharia Química – Matutino e Noturno (novo)
Farmácia – Matutino e Noturno
Gestão Hospitalar (Tecnológico) Matutino (novo)
Jornalismo – Noturno
Publicidade e Propaganda – Noturno

Essa é a oportunidade para você fazer parte da melhor Faculdade do interior da Bahia, com a melhor estrutura da região. A prova será composta por redação, de gênero dissertativo, devendo ter como Eixos Temáticos: a cultura, os problemas sociais, econômicos ou políticos brasileiros. Será avaliada a capacidade do candidato para construir e fundamentar reflexões críticas e estabelecer relações lógicas entre os argumentos, pressuposto indispensável para o ingresso aos estudos de nível superior.

MKT Grupo Nobre