Residência Terapêutica terá custo mensal de R$ 20 mil

Com um custo mensal estimado em R$ 20 mil, a primeira Residência Terapêutica de Presidente Prudente deve receber suas primeiras moradoras no início da próxima semana. A casa, que fica localizada na Rua Manoel de Jesus Rodrigues, 247, no Residencial Universitário, acolherá pacientes que residem em hospitais psiquiátricos da cidade e que perderam os vínculos familiares.

Conforme a coordenadora de Saúde Mental de Presidente Prudente, Marly Fernandes dos Santos, o município terá um total de seis residências. Quatro imóveis já estão alugados e a primeira unidade foi inaugurada na manhã desta terça-feira (1º).

Segundo coordenadora de saúde mental, município terá 6 residências terapêuticas (Foto: Wellington Roberto/G1)Segundo a coordenadora de Saúde Mental,
município terá 6 residências terapêuticas
(Foto: Wellington Roberto/G1)

A coordenadora explicou que a Residência Terapêutica é um projeto da Rede de Atenção Psicossocial (Raps) instituída a partir da lei de reforma psiquiátrica que prevê a diminuição dos leitos nas unidades psiquiátricas. Em Presidente Prudente, dois hospitais serão fechados: o São João, que possui moradores que serão encaminhados para as casas, e o Allan Kardek, que não possui moradores. O Hospital Bezerra de Menezes continuará aberto, segundo Marly.

Ela explicou que a primeira unidade receberá 10 mulheres moradoras de longa data do Hospital São João que serão acompanhadas 24h por dois cuidadores. “ A Residência Terapêutica será a nova casa dessas pessoas e aqui elas vão ter a oportunidade de levar uma vida comum. Supervisionadas pelos funcionários, realizarão a própria comida, arrumarão a casa, cuidarão das roupas, serão reeducadas para fazer aquilo que já sabem fazer, podendo levar uma vida normal, diferente daquilo que viviam nas unidades hospitalares”, afirma a coordenadora.

Unidade será mantida pela Prefeitura e Ministério da Saúde (Foto: Wellington Roberto/G1)Unidade será mantida pela Prefeitura e pelo
Ministério da Saúde (Foto: Wellington Roberto/G1)

Ainda conforme ela, até o fim desta semana a segunda Residência Terapêutica que atenderá 10 homens começará a ser mobiliada e em breve receberá os moradores. A manutenção da unidade será feita através de uma parceria entre o Ministério da Saúde e a Prefeitura de Presidente Prudente.

Cada residência conterá oito funcionários, contratados pelo Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista (Ciop) e que trabalharão no esquema de 12h por 36h, segundo a coordenadora de Saúde Mental.

‘Redenção’
Para o secretário de Saúde do município, Sérgio Luiz Cordeiro de Andrade, as unidades proporcionarão melhor qualidade de vida para os moradores. “Essas casas serão a redenção para os pacientes, pois eles terão a liberdade de ir e vir acompanhados dos cuidadores das residências”, afirmou ele.

Casa fica localizada no Residencial Universitário (Foto: Wellington Roberto/G1)Casa fica localizada no Residencial Universitário (Foto: Wellington Roberto/G1)
Primeira residência foi inaugurada na manhã desta terça-feira (1º) (Foto: Wellington Roberto/G1)Primeira residência foi inaugurada na manhã desta terça-feira (1º) (Foto: Wellington Roberto/G1)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s